Morning Gallo #0404: Futuros avançam nos EUA e petróleo dispara após ataques no Iêmen

Morning Call by Allure Capital - Mercado Financeiro, Política, Geopolítica, História e Economia

12-01-2024 • 23 min

As principais bolsas asiáticas encerraram a sexta-feira no terreno negativo (exceção ao índice Nikkei, no Japão), enquanto os futuros em Wall Street avançam, uma vez que os investidores mantiveram as suas expectativas de cortes nas taxas de juro nos EUA este ano após a divulgação do CPI.

O lançamento de ataques militares conjuntos por parte dos EUA e dos seus aliados contra os rebeldes Houthi no Iémen, impulsionou o petróleo Brent em até 2,5%. O Stoxx 600 da Europa sobe 0,8%, impulsionado pelas empresas de energia.

A ameaça de uma guerra mais ampla no Oriente Médio e novos focos de turbulência política no Equador e na Polônia podem complicar uma perspetiva mais otimista para os mercados em 2024.

As expectativas de que as autoridades interrompam o ciclo de juros, afrouxando a política monetária em 2024 – mesmo que isso aconteça um pouco mais tarde do que os mercados estão precificando – permanecem em vigor após dados de inflação dos EUA ligeiramente acima do esperado nesta quinta-feira.

A temporada de balanços começa hoje, com alguns dos maiores bancos dos EUA , incluindo JPMorgan Chase & Co., Bank of America Corp., Citigroup Inc. e Wells Fargo & Co., prontos para divulgar os resultados do quarto trimestre.

Na Ásia, as ações japonesas prolongaram a sua recuperação para o novo ano, com o Nikkei 225 Stock Average completando o maior ganho semanal desde março de 2022, acima de 6%.

Na China, os preços ao consumidor caíram pelo terceiro mês consecutivo em Dezembro, um sinal de fraca procura interna.

Nesta quinta-feira, mais de US$ 4 bilhões em ações foram negociadas entre os 11 fundos que negociam bitcoin nos EUA, após a aprovação da Comissão de Valores Mobiliários para os fundos. O Bitcoin permaneceu estável próximo dos US$ 45.000.

Por aqui, o Ibovespa encerrou a sessão de ontem em queda de 0,15%, aos 130.648 mil pontos. O dia foi marcado pela inflação mais quente tanto aqui no Brasil, quanto nos EUA. Por aqui, o IPCA acelerou para 0,56% e fechou o ano em 4,62%, leitura maior que a esperada.

Já o dólar, caiu 0,34%, a R$ 4,87.


--- Send in a voice message: https://podcasters.spotify.com/pod/show/allurecapital/message

Você pode gostar