Jornal da Manhã

Jovem Pan

Sob o comando de Thiago Uberreich e de Adriana Reid, o jornal de maior audiência do país reúne o time de comentaristas da Jovem Pan para analisar os principais assuntos do dia. read less
NotíciasNotícias

Episódios

Jornal da Manhã - 19/07/2024
Há 2 dias
Jornal da Manhã - 19/07/2024
Alguns destaques do Jornal da Manhã dessa sexta-feira (19): Fernando Haddad anuncia contenção de R$ 15 bilhões do orçamento desse ano. A medida inclui R$ 11,2 bilhões em bloqueios e R$ 3,8 bilhões em contingenciamento e é necessária para que o governo possa cumprir as regras do arcabouço fiscal. País tem recorde de feminicídios e registra um estupro a cada 6 minutos. Segundo o Anuário Brasileiro de Segurança Pública, 1.467 mulheres foram mortas por razão de gênero no ano passado. Maior registro desde a publicação da lei que tipifica o crime em 2015. Em primeiro discurso após atentado, Donald Trump diz que é preciso curar a discórdia nos Estados Unidos. O republicano fez ataques a Joe Biden, prometeu trazer de volta o sonho americano e afirmou que vai acabar com a imigração ilegal com a construção de muros nas fronteiras. Barack Obama diz que chances de vitória de Joe Biden são cada vez menores e que ele precisa considerar seriamente a viabilidade da candidatura. O posicionamento do ex-presidente se junta à pressão de outros democratas de peso, como Nancy Pelosi, para que o atual mandatário desista da disputa. Terremoto de magnitude 7,3 atinge o Chile e é sentido inclusive em São Paulo. PGR defende que a Polícia Federal investigue Allan dos Santos por prints falsos contra jornalista. Ao STF, o Procurador Geral da República, Paulo Gonet, disse ser falsa a publicação em que o blogueiro afirma que Juliana Dal Piva confessou conhecimento de plano de Alexandre de Moraes em conluio com a PF para prender Jair Bolsonaro. Justiça de Curitiba manda prender Renato Duque, ex-diretor da Petrobras, que estava livre há 4 anos. São Paulo arrecada R$ 14,8 bilhões com a venda da Sabesp, na maior oferta de saneamento da história. Parlamento de Israel aprova resolução contra a criação de um Estado Palestino. O pronunciamento, que é simbólico, afirma se tratar de uma ameaça existencial aos israelenses e gerou condenações de países como França, Egito e Jordânia, além de críticas da Autoridade Palestina. Nicolás Maduro diz que haverá ‘banho de sangue’ e guerra civil caso não vença as eleições. Cientistas anunciam o sétimo paciente com remissão do vírus da Aids. Essas notícias e muito mais você confere nessa edição do Jornal da Manhã.
Jornal da Manhã - 18/07/2024
Há 3 dias
Jornal da Manhã - 18/07/2024
Alguns destaques do Jornal da Manhã dessa quinta-feira (18): Alexandre Ramagem presta quase 7 horas de depoimento à Polícia Federal sobre a Abin Paralela. A corporação investiga o suposto uso da estrutura da agência para monitorar autoridades, jornalistas e desafetos políticos de Jair Bolsonaro na época em que o deputado era diretor da agência. Ministério Público e Advocacia Geral da União sugerem suspender acordos firmados na crise hídrica, o que inclui empresas dos irmãos Batista. Após falas controversas, Lula lê discurso em evento e reclama de frases tiradas de contexto. O presidente disse que parte da mídia usa declarações dele para criar intriga e evitou, a princípio, o improviso no encerramento da 5ª Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência. Silvio Santos é internado em São Paulo para tratamento de H1N1. O apresentador e dono do SBT de 93 anos passou a noite no Hospital Albert Einstein para receber medicações e, segundo familiares, está bem. Preço da gasolina se aproxima de R$ 6,00 após aumento da Petrobras. O combustível subiu 2,2% na semana passada e atingiu o R$ 5,97 por litro, o maior valor desde outubro de 2023, já descontada a inflação. Operação entra no 4º dia no Rio de Janeiro e avança para mais 4 comunidades da Zona Oeste, totalizando 14. Polícia do Rio apreende passaporte, mas motorista de BMW que atropelou e matou homem recém-casado segue foragido. Homem que morreu após ‘peeling’ de fenol sofreu parada respiratória recorrente de edema pulmonar. Adam Schiff, influente congressista democrata, pede a Joe Biden que desista da candidatura. Pedido que ocorreu no mesmo dia em que o presidente americano se viu obrigado a cancelar eventos de campanha, após testar positivo para Covid-19. Israel amplia ataques em Gaza, após promessa de Benjamin Netanyahu de intensificar pressão sobre o Hamas.  Essas notícias e muito mais você confere nessa edição do Jornal da Manhã.
Jornal da Manhã - 17/07/2024
Há 4 dias
Jornal da Manhã - 17/07/2024
Alguns destaques do Jornal da Manhã dessa quarta-feira (17): Lula afirma que violência é abominável, mas que Donald Trump tentará se aproveitar do atentado. O presidente disse ainda que a fotografia do republicano após o ataque com o braço erguido não teria saído melhor se fosse por encomenda e que ele irá explorar isso. Edson Fachin prorroga até 11 de setembro o prazo para acordo sobre a desoneração da folha de pagamentos. Alexandre Ramagem presta depoimento hoje à Polícia Federal no Rio de Janeiro. O deputado federal e ex-diretor da Abin será ouvido no inquérito que apura o uso do sistema da agência para espionar autoridades e desafetos políticos de Jair Bolsonaro. Geraldo Alckmin defende Fernando Haddad após memes do titular da Fazenda viralizarem. O vice-presidente disse que, na comparação, houve pequena redução dos impostos entre 2022 e 2023 e afirmou que a taxação de importados de até 50 dólares busca preservar empregos na indústria. PGR denuncia empresário e mais dois por hostilidades a Alexandre de Moraes e familiares no aeroporto de Roma. Irmãos Brazão são ouvidos no Conselho de Ética da Câmara e negam relação da família com milícias do Rio de Janeiro. Fernando Haddad disse que deve haver bloqueio de verbas e contingenciamento nesse ano. Exército conclui compra de 420 blindados leves ao custo de R$ 1,4 bilhão. Convenção republicana continua nos Estados Unidos com reforço na segurança. Isso porque o serviço secreto norte-americano teria detectado um plano iraniano para matar o ex-presidente Trump, sem relação com o atentado sofrido por ele no último sábado, na Pensilvânia. Emmanuel Macron aceita renúncia de Gabriel Attal do cargo de primeiro-ministro. Essas notícias e muito mais você confere nessa edição do Jornal da Manhã.
Jornal da Manhã - 16/07/2024
Há 5 dias
Jornal da Manhã - 16/07/2024
Alguns destaques do Jornal da Manhã dessa terça-feira (16): Alexandre de Moraes retira sigilo de áudios de reunião com Jair Bolsonaro e Alexandre Ramagem. A gravação mostra o ex-presidente da República e o ex-chefe da Abin debatendo com o General Augusto Heleno, então chefe do GSI, e duas advogadas estratégias para blindar o senador Flávio Bolsonaro no caso das rachadinhas. Alexandre Ramagem diz que a gravação da reunião foi feita com o aval de Jair Bolsonaro. Segundo o atual deputado federal, havia informação de que um emissário do governo do Rio de Janeiro participaria do encontro e faria uma proposta não republicana ao presidente, mas ele não compareceu. Jair Bolsonaro diz que Wilson Witzel prometeu resolver o caso de Flávio na Câmara do Rio em troca de uma vaga no Supremo. O ex-presidente citou o episódio às advogadas dos áudios revelados pelo Supremo e acrescentou que a indicação seria para o juiz responsável por julgar a denúncia de irregularidades no gabinete do filho. Donald Trump é oficializado candidato à presidência e anuncia o senador J.D Vance como vice. A indicação que encerra o mistério em torno da composição da chapa foi anunciada no primeiro dia da convenção do Partido Republicano, no estado de Wisconsin. Lula volta a repudiar atentado contra Donald Trump. Em evento no Itamaraty, o presidente disse que ninguém tem o direito de atirar em adversários políticos e afirmou que o episódio nos Estados Unidos empobrece a democracia. Governo brasileiro chama embaixador na Argentina para consultas sobre gestão de Javier Milei. Segundo Julio Bitelli que já está em Brasília, onde se reuniu com o ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, o objetivo é discutir a conjuntura e como tocar a relação com o país vizinho. Alexandre de Moraes intima PGR, sobre norma do Conselho Federal de Medicina que restringia o aborto legal. O ministro do Supremo deu 5 dias à procuradoria para se manifestar a respeito da resolução que proibia médicos de realizar o procedimento após 22 semanas de gestação, mesmo em caso de estupro. Essas notícias e muito mais você confere nessa edição do Jornal da Manhã.
Jornal da Manhã - 15/07/2024
Há 6 dias
Jornal da Manhã - 15/07/2024
Alguns destaques do Jornal da Manhã dessa segunda-feira (15): FBI afirma que suspeito de tentar matar Donald Trump agiu sozinho e trata a ação como possível ato de terrorismo doméstico. Segundo as autoridades, Thomas Matthew Crooks, de 20 anos, não tinha histórico de problemas mentais e não demonstrou ideologias extremistas em postagens analisadas até o momento. A arma usada em tentativa de assassinato contra ex-presidente pertencia ao pai do atirador. A polícia investiga se o fuzil AR-15, que é vendido legalmente nos EUA, foi cedido voluntariamente a Thomas Crooks ou se foi obtido sem permissão. Joe Biden condena atentado contra Trump e diz que é hora de baixar a temperatura na política. Em pronunciamento no Salão Oval da Casa Branca, o presidente disse que o ataque fez todos darem um passo atrás, mas afirmou que vai continuar defendendo a democracia, a Constituição e o Estado de Direito. Partido Republicano inicia hoje em Milwaukee, convenção nacional com Donald Trump como mártir, após o atentado. A legenda fará um evento para oficializar a candidatura do ex-presidente, que confirmou a presença e deve ampliar a narrativa de perseguição política contra acusações de ameaça à democracia. Ricardo Lewandowski diz que atentado contra Donald Trump mostra consequências negativas de armar a população. O ministro da Justiça afirmou que o aumento indiscriminado de armas de fogo em poder de pessoas comuns não representa apenas um risco para a segurança pública, mas coloca em xeque a própria democracia. Lula diz que Israel continua a sabotar o processo de paz no Oriente Médio com novo bombardeio na Faixa de Gaza. Processo que pode levar à cassação de Chiquinho Brazão será retomado hoje no Conselho de Ética da Câmara. Nego Di é preso por golpe que causou prejuízo de R$ 5 milhões a clientes. Exército israelense afirma ter matado o chefe militar do Hamas em bombardeio que deixou mais de 90 mortos em Gaza. Essas notícias e muito mais você confere nessa edição do Jornal da Manhã.
Jornal da Manhã - 12/07/2024
12-07-2024
Jornal da Manhã - 12/07/2024
Alguns destaques do Jornal da Manhã dessa sexta-feira (12): Câmara aprova PEC da Anistia que reduz verbas destinadas a negros e concede perdão de multas a partidos que deixaram de cumprir cotas em eleições passadas. Polícia Federal prende 4 suspeitos de envolvimento em uso da ABIN para espionagem de autoridades e inimigos de Jair Bolsonaro. Em mensagens trocadas por WhatsApp, dois dos agentes detidos, que atuavam sob o comando do hoje deputado Alexandre Ramagem, fizeram ataques ao ministro Alexandre de Moraes, do STF. Rodrigo Pacheco condena espionagem de autoridades pela chamada Abin Paralela. Em nota, o presidente do Senado disse que o uso da agência com ações político partidárias é um ato criminoso que fragiliza não somente a instituição, mas a democracia e a soberania do país. Ao lado de Zelensky, Joe Biden anuncia 225 milhões de dólares em ajuda militar à Ucrânia. O apoio foi confirmado durante encontro dos líderes em Washington, ocorrido antes de evento da OTAN, em que o líder norte-americano anunciou o ucraniano como presidente Putin. Lula recebe atletas olímpicos no Planalto e diz que não foi comprovada corrupção em obras de eventos. Ministério Público junto ao TCU pede suspensão de acordo que beneficia empresa dos irmãos Joesley e Wesley Batista. Câmara aprova projeto que regula a produção de hidrogênio verde. O texto segue para sansão presidencial. Joe Biden nega desistir da candidatura e diz ser o mais qualificado para vencer. Esquerda francesa critica Emmanuel Macron e exige cargo de primeiro-ministro. Presidente da Turquia diz que Joe Biden e os EUA são cúmplices de supostos crimes de guerra de Israel em Gaza. Essas notícias e muito mais você confere nessa edição do Jornal da Manhã.
Jornal da Manhã - 10/07/2024
10-07-2024
Jornal da Manhã - 10/07/2024
Alguns destaques do Jornal da Manhã dessa quarta-feira (10): Câmara aprova urgência para votação da regulamentação da Reforma Tributária. Por 322 votos a favor e 137 contra, os deputados concordaram em acelerar o processo de apreciação do texto apresentado pelo grupo de trabalho. A análise deve ocorrer hoje no plenário da casa. Deputados aprovam a reforma do ensino médio com maior carga horária para disciplinas tradicionais e o texto segue agora para sanção de Lula. Senado vota hoje proposta que trata da compensação para desoneração da folha de pagamento para 17 setores da economia e municípios. Na Bolívia, Lula reitera apoio a Luis Arce após tentativa de golpe e diz que o Brasil não quer ser ilha de prosperidade cercada de miséria. Conselho de Ética da Câmara ouve testemunhas em processo de cassação de Chiquinho Brazão. Ex-chefe da Receita Federal, confirma à PF que Jair Bolsonaro o procurou para tentar reaver joias apreendidas em Guarulhos. Em depoimento, Júlio César Vieira Gomes disse à corporação que tratou duas vezes com o ex-presidente a respeito da liberação dos presentes sauditas. A primeira delas pessoalmente e a segunda, por telefone. Dólar cai a R$ 5,41 após discurso do presidente do Federal Reserve, em sabatina no Senado nos Estados Unidos. Ataque aéreo mata dezenas de pessoas em campo de deslocados no sul de Gaza e Hamas alerta para prejuízos a possível cessar-fogo. Estados Unidos e aliados da OTAN anunciam envio de sistemas de defesa aérea para a Ucrânia. O anúncio foi feito pelo presidente Joe Biden na abertura da cúpula da organização em Washington, após repetidos pedidos públicos feitos por Kiev diante de constantes bombardeios russos. Rússia emite ordem de prisão contra viúva de Alexey Navalny, líder opositor e crítico de Vladimir Putin. Essas notícias e muito mais você confere nessa edição do Jornal da Manhã.
Jornal da Manhã - 09/07/2024
09-07-2024
Jornal da Manhã - 09/07/2024
Alguns destaques do Jornal da Manhã dessa terça-feira (09): A Polícia Federal diz ao STF que a venda ilegal de joias foi para o patrimônio de Jair Bolsonaro e que ele tinha conhecimento de leilão. Segundo autoridades, o ex-presidente recebeu dinheiro em espécie dos auxiliares com o objetivo de enriquecimento ilícito. Relatório aponta que Bolsonaro usou avião presidencial para desviar joias. De acordo com as investigações, itens recebidos por chefes de Estados estrangeiros foram levados aos Estados Unidos para serem vendidos durante viagem oficial. Defesa diz que ex-presidente não tinha ingerência sobre joias recebidas. Advogados afirmam que os presentes passaram por um rígido tratamento de catalogação. Lula chega à Bolívia para debater agenda política e econômica no continente. Presidente também deve manifestar apoio a Luis Arce, após tentativa recente de golpe militar no país. Durante encontro da Cúpula do Mercosul no Paraguai, Lula diz que Milei não participar de reunião é bobagem imensa. Governo argentino havia firmado anteriormente que comparecimento no evento em Assunção foi cancelado devido a uma agenda sobrecarregada. Conselho de Ética na Câmara deve retomar hoje o Caso Brazão com audiência de testemunhas. O processo pode levar à perda de mandato do deputado Chiquinho Brazão, apontado pela Polícia Federal, junto com seu irmão Domingos Brazão, como mandante da execução da vereadora Marielle Franco. Comissão do Senado vota hoje projeto que regulamenta Inteligência Artificial no Brasil. Após adiamento, o colegiado deve analisar uma última versão do texto do senador Eduardo Gomes. Petrobras reajusta em 7,1% o preço da gasolina para distribuidoras. Impacto para consumidores deve ser de R$ 0,15 por litro do combustível. Essas notícias e muito mais você confere nessa edição do Jornal da Manhã.
Jornal da Manhã - 08/07/2024
08-07-2024
Jornal da Manhã - 08/07/2024
Alguns destaques do Jornal da Manhã dessa segunda-feira (08): Frente de esquerda surpreende, vence eleições e freia a ascensão da extrema direita na França. O bloco elegeu a maior bancada, mas não formou maioria, e para governar precisará de aliança com a coalizão de Emmanuel Macron, que terminou em segundo, seguida do partido de Marine Le Pen, em terceiro. Primeiro-ministro francês deve entregar o cargo hoje. Em discurso após a divulgação do resultado do 2º turno, Gabriel Attal disse que colocará o cargo à disposição e o Palácio do Eliseu informou que Emmanuel Macron não vai nomear o novo premiê imediatamente. Lula diz que forças políticas se uniram contra o extremismo na França. Nas redes sociais, o presidente brasileiro se disse muito feliz com a vitória da esquerda na eleição legislativa francesa e afirmou que o resultado mostra a importância do diálogo para a defesa da democracia. Evento de conservadores em Balneário Camboriú, Santa Catarina, reafirma Jair Bolsonaro como opção para 2026. Em discurso, o ex-presidente se disse confiante em reverter a inegibilidade decidida pelo TSE, apostando em mudança na composição da corte e pressão com maioria no Senado. Javier Milei discursa em fórum da direita com críticas ao socialismo e chama Jair Bolsonaro de ‘amigo’. Lula participa hoje de cúpula do Mercosul em Assunção, no Paraguai. O encontro de líderes, sem a participação de Javier Milei, vai formalizar a entrada da Bolívia no bloco e discutir a recente tentativa de golpe no país. Câmara vota nessa semana o primeiro texto da regulamentação da Reforma Tributária. A proposta formulada pelo grupo de trabalho foi apresentada na quinta-feira ao presidente da casa, que previu levá-la ao plenário na quarta-feira, antes do recesso parlamentar. Comissão interamericana de Direitos Humanos é acionada após a prefeitura de São Paulo encerrar serviço de aborto legal em hospital da zona norte. Hamas flexibiliza posicionamento sobre cessar-fogo em Gaza e decide aceitar trégua temporária. Papa Francisco alerta sobre tentações ideológicas e populistas. A declaração foi dada ontem pelo Pontífice em discurso durante visita à cidade de Trieste, no nordeste da Itália, quando afirmou que a democracia no mundo não goza de boa saúde. Essas notícias e muito mais você confere nessa edição do Jornal da Manhã.
Jornal da Manhã - 06/07/2024
06-07-2024
Jornal da Manhã - 06/07/2024
Alguns destaques do Jornal da Manhã desse sábado (06): O dólar fecha a R$ 5,46, o menor valor da moeda americana em dez dias, resultado em baixa atribuído aos sinais do governo federal de compromisso com as metas fiscais. Alexandre Padilha disse acreditar que a Reforma Tributária seja votada já na próxima semana. A Polícia Federal entregou nesta sexta-feira o relatório que indiciou o ex-presidente Jair Bolsonaro. O documento destinado ao Supremo Tribunal Federal é relacionado ao caso das joias sauditas e tem mais de dez nomes envolvidos. O presidente argentino Javier Milei participa hoje de evento em Santa Catarina. O ex-presidente Jair Bolsonaro e o governador de São Paulo Tarcísio de Freitas também participam desse encontro. A embaixatriz do Gabão no Brasil disse que o filho está traumatizado após ação da polícia do Rio de Janeiro. O jovem de treze anos e mais dois amigos foram abordados de forma violenta por policiais militares na capital fluminense. Em São Paulo, a polícia encontrou parte da carga radioativa que estava em carro furtado na capital. O material que oferece risco à saúde, se manipulado de forma errada, foi encontrado na Zona Leste. Nova negociação sobre rompimento da barragem Mariana em Minas Gerais continua sem acordo. As partes envolvidas não conseguiram superar as divergências nas tratativas para reparação dos danos causados em 2015. Ainda tem quase R$ 8,5 bi esquecidos em sistemas financeiros do Brasil. De acordo com o Banco Central, mais de 43 milhões de correntistas têm direito ao saque do chamado ‘valores a receber’. Após debate polêmico, Joe Biden insiste em se manter como candidato à reeleição dos Estados Unidos. O presidente americano disse que o mau desempenho em confronto com Trump foi resultado da exaustão causada por um resfriado. Presidente da Bolívia divulgou que o país aderiu formalmente ao Mercosul. Essas notícias e muito mais você confere nessa edição do Jornal da Manhã.
Jornal da Manhã - 04/07/2024
04-07-2024
Jornal da Manhã - 04/07/2024
Alguns destaques do Jornal da Manhã dessa quinta-feira (04): Governo anuncia Plano Safra recorde para o agronegócio e para a agricultura familiar. Médios e grandes agricultores terão R$ 400 bilhões de reais para custeio e investimentos, enquanto pequenos produtores contarão com R$ 76 bilhões de reais de crédito. Dólar recua e fecha a R$ 5,56, após falas de Lula e Fernando Haddad. Haddad anuncia corte de quase R$ 26 bilhões em despesas e diz que Lula determinou o cumprimento do arcabouço fiscal. Roberto Campos Neto sai de férias do Banco Central e será substituído por Gabriel Galípolo. Ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, diz que o governo não vai mais realizar leilões para comprar arroz. Grupo de trabalho deve apresentar na Câmara um parecer sobre a regulamentação da Reforma Tributária. Arthur Lira tira PEC da Anistia da pauta após divergências entre deputados e votação deve ficar para o mês que vem. Governo Lula decide recriar a Comissão de Mortos e Desaparecidos Políticos. O grupo foi extinto por Jair Bolsonaro em 2022, e o retorno das atividades defendidos por grupos de direitos humanos e pela militância da esquerda enfrentava forte resistência das Forças Armadas. Itamaraty considera ‘lamentável’ a ausência de Javier Milei na Cúpula do Mercosul. Democratas mantêm apoio à candidatura de Joe Biden à reeleição nos Estados Unidos. Essas notícias e muito mais você confere nessa edição do Jornal da Manhã.