PUC Play PUC Minas

PUC Minas

Trazer discussões aprofundadas sobre temas relevantes relacionados à atualidade, como inovação, tecnologia, carreira, empreendedorismo, políticas ambientais, entre outros, além de divulgar a produção do conhecimento gerado na Universidade. PUC Play PUC Minas, sua conexão com o conhecimento. read less
EducaçãoEducação

Episódios

Mulheres e mercado de trabalho: a influência da raça e do gênero nas oportunidades
Há 4 dias
Mulheres e mercado de trabalho: a influência da raça e do gênero nas oportunidades
Este é o primeiro episódio da 7ª temporada do PUC Play. Nesta temporada, convidamos especialistas da Universidade para discutir as barreiras e os desafios das mulheres no mercado de trabalho. Segundo um levantamento feito pelo IBGE, entre os segundos trimestres de 2019 e 2022, a taxa de desemprego nacional foi de 9,3%. Separando por gênero e raça, no mesmo período, o desemprego foi de 6,1% para homens brancos; 8,7% para homens negros; 8,9% para mulheres brancas; e 13,9% para mulheres negras. Com o tema Como gênero e raça influenciam no mercado de trabalho, a discussão passou pela interseccionalidade, racismo estrutural, hierarquização das ocupações, entre outros assuntos. A entrevistada é a Profa. Dra. Maria Carolina Tomás, do Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais da PUC Minas.  Possui graduação em Ciências Sociais pela UFMG, mestrado em Demografia pela UFMG e pela University of California at Berkeley, mestrado em Sociologia e doutorado em Sociologia e Demografia pela University of California, Berkeley. Atualmente é professora no Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da PUC Minas, co-coordenadora do Curso de Especialização em Práticas Integrativas e Complementares em Saúde e coordenadora de Pesquisa do Instituto de Ciências Sociais da PUC Minas. Atuou como coordenadora do Núcleo de Avaliação e Pesquisa em Ensino Superior (NAPES) entre 2015 e 2023 e como Presidente da Comissão Própria de Avaliação (CPA/PUC Minas) no mesmo período. Fez parte do Conselho Fiscal (2019-2021) e da Diretoria (2021-2023) da Sociedade Brasileira de Sociologia. Atua nas seguintes áreas: Estratificação Social, Família, Raça, Formulação e Avaliação de Políticas. O PUC Play O PUC Play é o podcast quinzenal da Assessoria de Imprensa da PUC Minas e vai ao ar às quintas-feiras. Ele é produzido em parceria com o Laboratório de Áudio da Faculdade de Comunicação e Artes, responsável pela gravação, sonorização e edição. O roteiro e produção são de Deborah Almeida, com a locução e entrevistas da jornalista Michelle Stammet. --- Send in a voice message: https://podcasters.spotify.com/pod/show/puc-minas/message
"A vida é a cidade — ou melhor — o direito à cidade"
23-06-2022
"A vida é a cidade — ou melhor — o direito à cidade"
A frase que dá nome a este episódio é do arquiteto chileno Alejandro Aravena, e ela reflete o papel fundamental que a moradia tem na vida das pessoas e representa bem o tema que tratamos neste episódio. A localização da moradia tem impacto direto na qualidade de vida e nas oportunidades de desenvolvimento como educação e emprego. Nas últimas quatro décadas, a Região Metropolitana de Belo Horizonte tem vivido um processo de metropolização com a expulsão da parte menos favorecida financeiramente da população para as periferias. Trata-se de um mecanismo de exclusão socioespacial. E o projeto de extensão Prosa, do Curso de Arquitetura e Urbanismo, trabalha com os autoprodutores, que são pessoas que se organizam para planejar e construir seu próprio espaço, com o objetivo de resistir, pela ação, à exclusão territorial. Vem com a gente nessa conversa com a professora Viviane Zerlotini, coordenadora do Prosa. Glossário deste episódio Brasis: O território brasileiro: terras brasis. Centralidade urbana: espaços multifuncionais e autossuficientes que estão localizados em diferentes pontos da cidade e que buscam equilibrar a distribuição de equipamentos, emprego, moradia e reduzir custos de deslocamento. Fundiário: relativo a terrenos; agrário. Croquis: costuma se caracterizar como um desenho ou um esboço qualquer. Autoprodutores do espaço é são pessoas que moram em locais onde a cidade ainda não chegou, onde o mercado imobiliário ainda não atua. Eles se organizam para prover aquele lugar de vias de acesso, de energia e dos equipamentos para tornar a moradia nestes locais viável. --- Send in a voice message: https://podcasters.spotify.com/pod/show/puc-minas/message
Pacto Educativo Global: por uma educação transformadora
09-06-2022
Pacto Educativo Global: por uma educação transformadora
Vencer o desafio de um pacto social que priorize a educação para a formação das novas gerações de crianças e de jovens para um outro mundo. Este é propósito do Pacto Educativo Global, chamado de 2019 do Papa Francisco a sociedade mundial que tem como fundamento a abertura ao outro e propõe uma aliança educativa que torne possível a união de forças para a valorização da unicidade de cada pessoa e da diversidade.  Este é o tema deste episódio com a participação da professora Carla Ferretti, diretora do Instituto de Ciências Humanas e coordenadora do Grupo de Reflexão e Trabalho para o Pacto Global do Anima PUC Minas. Em seu chamado o Papa Francisco menciona o mundo em rápida transformação, acelerado pelas tecnologias e em emergência ambiental. Cabe a nós cuidar da Casa Comum, nosso planeta, e garantir a sobrevivência com qualidade e dignidade para as gerações futuras. Este episódio faz parte da temporada 3 do PUC Play que mostra as iniciativas da Universidade para que o Brasil alcance os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODSs) da Agenda 2030. O tema deste episódio está diretamente relacionado ao Objetivo 4 do Desenvolvimento Sustentável. Mas indiretamente podemos dizer que se relaciona e se aplica a todos os outros objetivos, já que a Educação é a origem e a força propulsora para a concretização dos outros objetivos. #pactoeducativoglobal #educacaotransformadora #papafrancisco #casacomum --- Send in a voice message: https://podcasters.spotify.com/pod/show/puc-minas/message
Migração: o papel da Universidade no acolhimento a refugiados e imigrantes
26-05-2022
Migração: o papel da Universidade no acolhimento a refugiados e imigrantes
Conflitos políticos e crises econômicas têm forçado a movimentação de migrantes pelo mundo. E como fica o Brasil neste cenário? O país tem recebido, desde 2010, cada vez mais estrangeiros em busca de um lar. Estima-se que 1,3 milhão de imigrantes residam no Brasil atualmente. O recente drama dos refugiados ucranianos acolhidos no Brasil jogou holofotes sobre a questão. Além disso, o número de brasileiros no exterior mais do que duplicou em dez anos. Neste episódio do PUC Play Podcast o entrevistado é o professor Duval Fernandes, coordenador do Gedepe, grupo de estudos sobre o tema do Programa de Pós-graduação em Geografia. O professor Duval fala sobre os projetos desenvolvidos pelo Gedepe, o envolvimento do grupo na construção e consolidação de políticas voltadas aos migrantes e as diversas parcerias externas e internas, entre elas com os cursos de Serviço Social e Letras e com a Cátedra Sérgio Vieira de Melo, um programa do alto comissariado da ONU para refugiados. Este episódio faz parte da temporada 3 do PUC Play que mostra as iniciativas da Universidade para que o Brasil alcance os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODSs) da Agenda 2030. O trabalho desenvolvido pelo Gedepe está diretamente relacionado ao ODS 10, ao empoderar e promover a inclusão social, econômica e política de forma igualitária de migrantes. O PUC Play é o podcast quinzenal da PUC Minas, produzido pela Assessoria de Imprensa da Secretaria de Comunicação. O roteiro, produção e locução são de Michelle Stammet. O PUC Play vai ao ar às quintas-feiras e é produzido em parceria com o Laboratório de Áudio da Faculdade de Comunicação e Artes, responsável pela gravação, sonorização e edição. Links deste episódio: Projeto Ler - Programa de Pós-graduação em Letras Comitrate - Sedese Cátedra Sérgio Vieira de Melo Encíclica Fratelli Tutti I Congresso Internacional sobre Migração e Diáspora Acadêmica Brasileira --- Send in a voice message: https://podcasters.spotify.com/pod/show/puc-minas/message
Dossiê contra o Negacionismo - A importância do conhecimento científico
12-05-2022
Dossiê contra o Negacionismo - A importância do conhecimento científico
Este episódio especial convida você, ouvinte, a refletir conosco sobre o negacionismo sob o olhar da Comunicação e como os negacionistas se apropriam de fake news para difundir sua ideologia. A jornalista Michelle Stammet conversa com o professor Mozahir Salomão Bruck, um dos organizadores do E-book Dossiê contra o Negacionismo - A importância do conhecimento científico e secretário de Comunicação. Durante a conversa, Mozahir analisa a natureza do negacionismo, que aposta na desinformação, na implosão da razão e da vida inteligente. Além disso, Mozahir comenta como os criadores das fake news se apropriam de características do jornalismo profissional para que as falsas notícias sejam recebidas como informações reais e das fragilidades da distribuição social do conhecimento. O professor Mozahir Salomão Bruck é pesquisador do Programa de Pós-graduação em Comunicação Social e professor no Curso de Jornalismo. É pesquisador do CNPq e possui pós-doutorado pela Universidade Fernando Pessoa (em Porto, Portugal), doutorado em Literaturas de Língua Portuguesa e Mestrado em Comunicação. Publicou várias obras sobre o radiojornalismo. É estudioso dos aspectos sociais do Jornalismo, das linguagens do radiojornalismo, entre outros temas correlatos. A temporada 3 do PUC Play é constituída por episódios costurados em torno de uma temática: os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODSs), que compõem a Agenda 2030, aprovada pelas Nações Unidas em 2015. Ao longo dos episódios, estamos apresentando como a Universidade desempenha um papel fundamental, através de projetos e ações, para a concretização destes objetivos. Este episódio do PUC Play foge à temática dos ODSs para refletir sobre um tema de grande relevância na atualidade. O E-book Dossiê contra o Negacionismo - A importância do conhecimento científico está disponível gratuitamente no site da Editora PUC Minas, da Amazon, Apple, Google Play livros, Kobo. Conceitos que você ouvirá durante este episódio: Pós-verdade: A Oxford Dictionaries, da Universidade de Oxford, responsável pelo dicionário de mesmo nome, elegeu o termo “pós-verdade” como a palavra do ano em 2016. Segundo a publicação, pós-verdade se relaciona ou aponta circunstâncias em que os fatos têm menos influência na formação da opinião pública do que os apelos à emoção e às crenças pessoais. (Fonte: dissertação do Programa de Pós-graduação em Comunicação Social: Notícia falsa, impacto real: um estudo sobre reações da imprensa à circulação de fake news na web – autora Lídia Maria de Lima e Silva (Silva, Lídia Maria de Lima e) Infodemia: Denominação dada ao volume excessivo de informações, muitas delas imprecisas ou falsas (desinformação), sobre determinado assunto (como a pandemia, por exemplo), que se multiplicam e se propagam de forma rápida e incontrolável, o que dificulta o acesso a orientações e fontes confiáveis, causando confusão, desorientação e inúmeros prejuízos à vida das pessoas. (Fonte: Academia Brasileira de Letras/Novas palavras) Fact-checking: o fact-checking é uma checagem de fatos, isto é, um confrontamento de histórias com dados, pesquisas e registros. É uma forma de qualificar o debate público por meio da apuração jornalística. De checar qual é o grau de verdade das informações. (Fonte: Agência de Jornalismo Investigativo Pública) Acesse as principais ferramentas de fact-checking brasileiras --- Send in a voice message: https://podcasters.spotify.com/pod/show/puc-minas/message