Especial: Videoclipe de ‘O Futuro que me Alcance’ vence m-v-f- awards 2023!

Peças Raras - 24h em sintonia com você

02-02-2024 • 15 min

Criação de Nat Grego para música de Reynaldo Bessa é escolhida pelo júri como ‘Melhor Animação Nacional’

Na noite desta terça, dia 30 de janeiro, o Cine Joia, na região central de São Paulo, foi palco da entrega da 11ª edição do Music Video Festival Awards, segmento competitivo do m-v-f- que reconhece e premia anualmente os melhores videoclipes e vídeos musicais nacionais e internacionais.

A edição que elegeu os vencedores de 2023 contou com 26 categorias de premiação, sendo 4 delas definidas pelo voto do público. As demais escolhas foram feitas pelo júri especial.

O videoclipe criado pela ilustradora Nat Grego para a faixa que dá título ao mais recente álbum do cantor e compositor Reynaldo Bessa, “O Futuro que me Alcance”, foi o premiado na categoria “melhor videoclipe de animação”, em que são levados em conta a técnica e a criatividade.

Nesta edição, o júri técnico foi composto por Baloji, músico e diretor congolês, Targa Sahyoun, vice-presidente da Capitol Records, Fátima Pissarra, CEO da Mynd, Nídia Aranha, diretora criativa, Novíssimo Edgar, artista e diretor, além dos diretores de videoclipes Denis Cisma, Cris Streciwik, Remi D’Aguiar e Fernando Nogari.

O videoclipe de “O Futuro que me Alcance” concorreu com outras 5 animações e pode ser conferido neste link.

A ANIMAÇÃO

O clipe de “O Futuro que me Alcance” foi lançado em 15 de janeiro de 2023 e traz a confluência poética entre o olhar de Nat e os acordes de Bessa. O entrosamento entre as ideias do poeta e a “fazedora de objetos poéticos”, como se autodefine Grego, é visível desde os primeiros acordes e imagens. “Sinto que o eu-lírico que Bessa criou está numa viagem dentro dele mesmo e foi essa experiência poético-existencial que tentei elaborar na animação. Ao interpretar a música, notei que surgiram mais perguntas do que respostas, e essa imprecisão também faz parte do clipe. A multiplicidade de identidades e a impermanência diante do tempo é uma das muitas questões do ser humano, e enquanto eu criava o clipe meditei muito sobre isso”, comenta Nat Grego.

A animação foi feita numa técnica mista, com desenho tradicional e digital. O processo foi intenso: durante 6 meses a artista trabalhou na criação do roteiro, imagens, esboços e no storyboard do clipe. “Quando tudo estava mais encaminhado, comecei a animar e esse processo todo durou cerca de um ano e meio para que chegássemos no resultado que temos hoje”, completa.

A composição transita entre o curso do que está por vir e o passado que habita em nós. Entre “aquilo e isso”, há a lacuna do tempo no presente. A verve poética de Bessa alcança o ápice em ideias que flutuam pela letra como “Vou na popa, vou de costas para a proa”. “É a forma poética que encontrei para representar a tentativa de lutar contra o inevitável futuro em que estamos mergulhados e a possibilidade que temos de mudar a rota durante o curso”, explica o artista potiguar. Natural de Mossoró, Bessa mora em São Paulo e tem colhido resultados com sua música e livros.

Ficha Técnica

O Futuro que me alcance (Reynaldo Bessa)

Música:

Voz e violão: Reynaldo Bessa

Guitarras: Carlos Gadelha

Baixo/sinth: Demétrius Carvalho

Bateria: Marcos Maia

Arranjo, gravação, mixagem e masterização: Caio Torrezan

Produção Executiva: Andre Minnassian

Videoclipe:

Direção, animação e ilustração: Nat Grego

Produção: Marcelo Abud


--- Send in a voice message: https://podcasters.spotify.com/pod/show/pecasraras/message

Você pode gostar

História em Meia Hora
História em Meia Hora
Agência de Podcast
História FM
História FM
Leitura ObrigaHISTÓRIA
História Preta
História Preta
Thiago André
Buenas Ideias
Buenas Ideias
Eduardo Bueno
Estação Brasil
Estação Brasil
Estação Brasil
projeto Querino
projeto Querino
Tiago Rogero e Rádio Novelo
Eu tava lá
Eu tava lá
Braian Rizzo
ASSOMBRAÇÃO
ASSOMBRAÇÃO
Levy Palomo
Estudo bíblico
Estudo bíblico
Josi Paula
Colunas de Hércules
Colunas de Hércules
Leitura ObrigaHISTÓRIA
Geopizza
Geopizza
Geopizza
projeto Querino
projeto Querino
Tiago Rogero e Rádio Novelo
BBC Lê
BBC Lê
BBC Brasil